sexta-feira, 26 de abril de 2013

Haiti: Temos Que Matar Os Bandidos / Haiti: We Must Kill the Bandits (2009)


Um filme que todo o militar brasileiro da ONU no Haiti deveria assistir.

Golpe de Estado vindo de uma pequena elite, planejado e financiado pela CIA, arrancando do poder um presidente democraticamente eleito pelo povo é algo bastante conhecido e rotineiro,  mas, no caso do Haiti, aconteceram DUAS VEZES.

Em 1994, os militares do país, que constavam na lista de pagamento da CIA, retiraram a força o presidente eleito Aristides, gerando uma enorme revolta popular que culminou com a queda dos ditadores e novas eleições, que puseram de novo Aristides no poder.

Mas os EUA não iriam levar essa derrota para casa, ainda mais de um país vizinho de Cuba a cerca de 100 milhas de sua costa.
Novamente a CIA agiu, sequestrando o presidente, obrigando-o a se exilar na África. 

Para conter as novas e imensas revoltas populares, entra em a ação as tropas da ONU, que passaram a ser um garantidor do Governo Ditatorial, dando apoio à Polícia de Extermínio e inclusive atacando os cidadãos desarmados, incluindo, mulheres, crianças e bebês.

Com a transferência das tropas dos EUA e França para conter as revoltas no Iraque, entra em cena o Brasil.
Daí, a extrema importância desse documentário para alertar os intelectuais do país a se pronunciarem sobre a matança que ocorre diariamente no Haiti. (docverdade)

ATENÇÃO: IMAGENS FORTES DE VIOLÊNCIA.
Agradecimentos a Gianluca Elia pela sugestão e link.

4 comentários:

Anônimo disse...

Foi por isso que o General se matou...

Imbecile disse...

ADORO o vosso Blog! Parabéns!! Dou toda a força para que continue postando! Os documentários são uma autêntica enciclopédia audiovisual, porém pouco apreciados (um dia será diferente!)

Escrevo-lhe para pedir informações, se possível, de um documentário que me falaram de um europeu (creio francês, ingês - infelizmente é mesmo muito pouca a informação que tenho) sobre as estratégias de marketing/publicidade/pedir patrocinios a empresas em troca dessa tal publicidade, uma autentica acção de marketing, como tinha referido. Sei muito pouco sobre ele, e mesmo assim a vontade é muita de o encontrar.. Poderá auxiliar-me junto dos seus contactos sobre algo assim desse género? A única história que sei é que ele ao longo do documentário, enquanto explica esse processo vai criando a mesma teia no seu filme. Isto é: ao explicar como funciona a publicidade por meio de patrocinios no audiovisual, está a incorrer também a essa técnica...

Obrigado.

Os melhores cumprimentos

SORTE !!!

Ana Vieira

Anônimo disse...

Imbecile o documentário é do Morgan Spurlock e se chama: POM Wonderful Presents: The Greatest Movie Ever Sold.

Este é o diretor de Super Size-me, Where in the World Is Osama Bin Laden?.

Muito bom o documentário,bem despojado contudo sem deixar de ser critico.

claudio alves de oliveira disse...

também estamos fazendo o mesmo aqui no claudiomovie.blogspot.com e acoliveirabr.wordpress.com, mostrando a verdade, com palavras somente.
mas me sinto uma criança perto de tanta excelência que você nos propõe, obrigado.